eu penso assim · jornalismo · meus sonhos

Segundo semestre de jornalismo #02 ❤

Hey pessoal! Acho que os posts para contar sobre o fim do semestre são os melhores, tanto pra mim, quanto pra vocês.

O fim de mais um semestre significa que concluí mais uma etapa para alcançar o meu sonho; que vou ter férias por alguns pequenos meses; e que vou colocar em prática tudo o que aprendi aqui no blog; e por isso, significa muitos posts legais pra vocês. Aqui você vai saber o que rolou no 1° semestre

Mas sem enrolação. Nesse semestre tive aula de:

Sociedade e cultura, uma matéria com muitos textos e com uma professora excêntrica. Certo, vou confessar que essa foi a matéria mais chata, porque odeio sociologia e filosofia, e essa matéria unia muito disso. Mas por fim, depois do estress da semana passada com a prova da de quase 4 horas, feliz com a minha nota.

Psicologia da comunicação, nessa matéria aprendi a avaliar uma propaganda ou peça publicitária, e como pesquisar e saber o contexto certo para cada classe social e idade.

E sim, essa linda matéria (e professora) foi a responsável por muitas noites mal dormidas e muita dor de cabeça. Quase fiquei de DP, e se você não sabe, isso é quase como se fosse uma recuperação.

Amém que acabou!

Comunicação e redação, muitos beijos para essa matéria. Amo escrever, e essa matéria é sobre isso. Claro que, aprendi muito coisa útil e muita coisa desnecessária, como gramática, mas faz parte.

Aliás, esse professor me elogiou dizendo que escrevo muito bem, tem como não amar?

Teoria da comunicação foi a matéria online desse semestre.

Acho isso um problema, por incrível que pareça não é algo totalmente ruim. Aliás, nessa matéria tive que assistir vídeos do professor falando e fazendo piada (algumas alunas adoram ele), é como se o professor fosse um verdadeiro YouTuber!

Projeto profissional – comunicação e sociedade, apesar do nome difícil essa matéria se resume à projeto portifolio.

No semestre passado tivemos que fazer uma revista como projeto profissional, e foi a nota dessa revista que passada para essa matéria.

O projeto dessa fase era fazer uma releitura de uma livro, mas não era qualquer livro, simplesmente A revolução dos bichos.

Uma releitura para crianças (adolescentes) de 11 a 15 anos, missão difícil. Mas missão feita.

Essa aqui, linda e maravilhosa é o livro da minha agência! A história é a seguinte:

Barbie sempre reinou por ser a mais perfeita, porém, as bonecas que antes eram chamadas de feias e cheias de defeitos criam uma revolução. Uma pequena batalha para acabar com um padrão de beleza imposto. De jeito leve as bonecas tentam mostrar que beleza é mais que aparência, não importa o que digam ser diferente é o que te torna especial!”

Nessa adaptação as bonecas Barbie reinam com sua perfeição, Mas por incrível existem bonecas que se acham imperfeitas por não serem como Barbie e é assim que começa uma pequena revolução.

É um livro certinho e diferente, é meio que um protesto sobre o padrão de beleza, porém é algo bem sutil. Como minha professora disse uma vez, falamos sobre empoderamento (ainda tô pesquisando, pra ter certeza).

Esse semestre foi puxado viu. Vou contar que não foi fácil, nenhum um pouquinho. As materias não foram todas legais e mesmo assim depois de tanto sufoco ainda me imagino com o diploma de jornalismo!

Espero que tenha gostado e partiu 3° semestre!

Andreza Oliveira

faculdade · fotografia · inspire-se · jornalismo

Editoral de fotos do parque Buler Max

Hey pessoal, vou começar dizendo que tô me sentindo uma super modelo. Nesses últimos dias o meu grupo da faculdade (minha agência) (aqui para conhecer o site fizemos um editorial de fotos para um trabalho da faculdade.

Tiramos as fotos em um parque na zona sul de São Paulo, no Parque Buler Max, as fotos foram tiradas por um amigo fotográfo (o melhor de todos os tempos) Júnior valeu.

As foto em grupo ficaram sensacionais, a ideia principal era que cada um fosse com sua personalidade e que o parque e  a natureza  vossem o detalhe nas fotos, acabou que virou destaque.

E sobre as fotos individuais? Me pergunta se tenho muita foto?! Tenho foto pra rechear meu Instagram o ano todo. Aliás, percebeu que a foto do perfil do blog tá diferente?

Estou completamente apaixonada por todas as fotos, me sentindo uma modelo de verdade! (Deza sempre humilde)

Nesse dia usei um colete e minha chocker comprida (também estou in love com ela), tem Post aqui.

Nem parece, mas no dia estava garoando e mega frio (sim eu congelei tirando cada uma dessas fotos), porém valeu muito a pena. O resultado ficou demais.


Espero que tenha gostado! Me diz aí o que você achou!

Até a próxima!

Onde me encontrar:  Instagram/Twitter

Andreza Oliveira

dica · eu penso assim · jornalismo · Julia Faria · karol pinheiro

Quatro Blogs de jornalistas

Adoro ver blogs novos e sempre estar por dentro de tudo, tudo mesmo, de assuntos diferentes e principalmente de assuntos que gosto muito.

E hoje vim trazer dicas de alguns blogs que gosto muito de outras jornalistas.

Stephanie   Chez Noelle

Já trabalhou com diversas marcar macanas e no final de 2013 colaborou com a revista Glamour Brasil. Hoje  trabalha só com o blog e nele trata sobre  assuntos como moda, beleza, música e muito textos sobre sentimento.

Karol Pinheiro – KarolPinheiro.com.br

Karol Pinheiro trabalhou por cinco anos na capricho e hoje se dedica totalmente ao blog e ao seu livro, sem comentários pra quem não sabe sou muito fã da Karol já fiz resenha do livro dela e sim, aqui você vai ver todos os post relacionado.

Júlia Faria – juliafaria.com.br

Júlia também é jornalistas e agora também é atriz, trabalhou na capricho por 3 anos, e na  Vogue RG  um ano e meio. No seu blog a Júlia fala sobre cultura, desde filmes, músicas, shows, exposições em museu à moda, e virgem.

Luísa accorsi – LuisaAccorsi.com.br

Formada em jornalismo a Lu compartilha em seu blog viagens, moda, beleza, livros, filme de tudo um pouco.

Essas foram as minhas dicas de blogs de jornalistas, adoro cada uma dela e me identifico com os assuntos( e a profissão).

Espero que tenha gostado!

Até a próxima!

Onde me encontrar:  Instagram/Twitter

eu penso assim · livro · resenha

Resenha | A revolução dos bichos de George Orwell

Como já tinha falado na ultima resenha, recentemente venho apostando em livros diferentes para ler  para sair da zona de conforto literário. O livro de hoje demorei um pouco para ler, porém ao terminar gostei muito da leitura.

Resultado de imagem para a revolução dos bichos capa

Alias esse foi meu primeiro livro que li no Kindle, alias em breve venho contar sobre  minha experiencia!

A revolução dos Bichos  é uma fábula sobre o poder, uma analogia sobre o comportamento humano, que realmente diz muito sobre o estado politico do nosso pais e o detalhe é que  a obra diz respeito a Segunda guerra Mundial publicada em 1945.

A historia começa na Granja do Solar, com um dono muito abusivo Sr Jones que maltrata os animas, explora e mal os alimentava.  Ao passar dos tempos  os animas se revoltam e tomam o poder da granja; a batizando de Granja dos Bichos, onde eles mesmo plantam e colhem. Tendo a Fazenda no poder dos animais os porcos (que se intitulam os mais inteligentes)  chamando a revolução de Animalista.

As regras principais da revolução são:

  1. qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo
  2. qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo
  3. nenhum animal usará roupas
  4. nenhum animal dormirá em cama
  5. nenhum animal beberá álcool
  6. nenhum animal matará outro animal
  7. todos os animais são iguais

Resultado de imagem para a revolução dos bichos frases

Napoleão e Bola-De-Neve (porcos) cuidam da fazenda  juntos, alfabetizando e modernizando o lugar. Até que Napoleão toma poder absoluto da fazenda, mudando as regras e abusando dos animais igual ou pior do que o antigo dono.

De acordo com meu professor essa é uma historia para crianças, sim crianças de 11 á 15 anos; acho que por se tratar de uma analogia, onde os animais são os responsáveis deixa a historia mais leve (a linguagem também), porem acho a mensagem forte. Gostei muito do livro, e recomendo.

Aqui em baixo esta a sinopse (tirada do Skoob) como não entendo muito de historia, mas acho importante você ler para ter uma ideia.

Resultado de imagem para a revolução dos bichos cenas

A Revolução dos Bichos – George Orwell

“Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, “A Revolução dos Bichos” é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos
Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.
De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos – expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História – mimetizam os que estavam em curso na União Soviética.
Com o acirramento da Guerra Fria, as mesmas razões que causaram constrangimento na época de sua publicação levaram A Revolução Dos Bichos a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell, adepto do socialismo e inimigo de qualquer forma de manipulação política, sentiu-se incomodado com a utilização de sua fábula como panfleto.”

Espero que tenha gostado!

Até a próxima!

 

design · eu penso assim · faculdade · fotografia · futuro · jornalismo · meus sonhos

Primeiro semestre de Jornalismo❤

Hey, pessoal, como vocês estão?

Não está sendo fácil trabalhar, estudar e ainda  manter o blog sempre atualizado.  Mas quando a gente ama a vamos até o fim!  Tô muito exausta real,  mas é um cansaço bom (parece loucura né?), Sabe eu sinto que tô no caminho certo, e o cansaço só prova que o reconhecimento um dia vai chegar. Mas enfim, prometi que iria sempre fazer uma atualização do que rolou na faculdade aqui para vocês. Então vamos lá!

Nesse semestre tive aula de:

❤ Fotografia:
Do básico ao avançado (certo que o avançado pra mim ficou hard). Fizemos até uma brincadeira nas redes sociais,  #unimob durante cinco semanas os alunos tinham que fazer uma foto temática. (Tipo foto em preto e branco, uma Selfie criativa, uma foto com a luz do pôr ou do nascer do sol, uma foto jornalística e outra publicitária), tarefas que eram bem simples mas contava ponto para a matéria.

Aprendemos muitos truques, mas pra mim pelo menos tudo isso só vai ter utilidade mesmo se treinar sempre (partiu comprar uma câmera?)

Essa aqui em baixo foi uma das fotos tiradas na aula! Uma foto com movimento e outra com abertura lenta ( e isso mesmo produção?!)

image

Comunicação expressão:
Essa matéria nada mais é que elaboração de textos (amei pouco). Focamos bastante em textos jornalístico e publicitário.  Esse aqui é um dos meus trabalhos principais do semestre. Textos feitos por mim (arrasou miga).

image

 

Pra quem não sabe o projeto principal desse semestre era fazer uma revista sobre grafite e uma agencia de publicidade meu grupo de amigos fizemos até Instagram e site sobre ela clica bem aqui pra você conferir e ver os nossos trabalhos!

❤ Comunicação Gráfica e Design:

A matéria de gráfica e design é a matéria principal do curso, é ela que  ensina a monta a revista,  diagramação.

A parte mais difícil da revista foi de fato a diagramação, pois o software que faz isso é horrível de mexer (eu não me dei muito bem com os programas da Adobe), porém, meu grupo e eu conseguimos terminar a diagramação deu tudo certinho.

image

Essas três formas até as matérias principais desse semestre, as outras matérias foram mais como  história do jornalismo, história da comunicação ou até mesmo inglês e Informática, porque sim, a minha faculdade ensina até isso.

E borá lá porque as ferias chegaram!! Ou, seja dormir até mais tarde e fazer mais post pro blog!

Espero que tenha gostado e até aproxima!

 

eu penso assim · faculdade · futuro · jornalismo · meus sonhos

Primeira semana Na faculdade!

Cara como eu esperei por esse momento. Quem acompanha o blog desde o inicio vai  se lembrar o motivo por eu ter começa o blog. Bem, se você é novo aqui, relaxa que eu explico.

emoji

No começo a ideia do blog era ter um lugar para escrever, fazer desse cantinho uma revista online (porque eu amo revistas), e consequentemente treinar para a faculdade, e para quando for jornalista. Esse é o meu maior sonho, e nunca me senti tão próxima de realiza-lo como nessa semana.

Minhas explicações estão confusas? Dá uma olhada aqui do lado na Gadget de perfil. Sim, agora sou uma estudante de jornalismo (pirando de leve), é meio difícil descrever o quando estou feliz de estar no caminho certo. Semana passada foi a primeira semana, e foi incrível. Eu tenho certeza que as outras vão ser assim (pelo menos eu espero).

Só para quem ficou curioso, nesse semestre vou ter aula de:

* Fotografia
*Comunicação gráfica e design
*Historia do jornalismo
*Comunicação e expressão
*Projeto profissional – comunicação e historia

Ainda é cedo para falar sobre as matérias, mas prometo que no final do semestre passo aqui e conto tudo o que rolou
Aliás um dos trabalhos desse semestre é fazer uma revista, tô amando a idéia.

Tô transbordando de idéias, o que significa que vocês vão acompanhar tudo. Tamo já juntos e torçam por mim, por que minha vida tá uma verdadeira loucura (trabalhar e dar conta da faculdade e blog não é fácil), mas a gente sabe, no final vai valer a pena.

Espero que tenha gostado, post novos nas segundas, quartas e sexta-feira.

 Andreza Oliveira ❤ 

dica · eu penso assim · faculdade · jornalismo

Profissões e faculdades – Jornalismo

Agora que sou oficialmente uma vestibulando tenho o dever de pesquisar todas as áreas que talvez eu posso me encaixar, então decidi fazer um ‘quadro’ aqui no blog informando mais sobre varias faculdades, jornalismos, moda, publicidade e etc…. Vou admitir que esse é um post muito especial, porque ele vai estar informando você (querido leitor) e a mim mesma sobre coisas que nem todo mundo pensa.

A primeira Faculdade que escolhi foi Jornalismo – por varias razões. Porque é  a faculdade que eu quero muito fazer, e porque tenho certeza de que outras pessoas também queiram.

O curso tem duração de quatro anos
Ao longo de oito semestres os estudantes passam por disciplinas teóricas de humanas como Filosofia, Língua Portuguesa, Teoria da Comunicação e Ciências da Linguagem. Também estudam disciplinas específicas de cada área do jornalismo, como radiojornalismo, documentário, jornalismo em TV, jornalismo diário e livro-reportagem.

O estudante de jornalismo precisa ter capacidade de liderança
Quem opta pela carreira de jornalista precisa ter uma liderança no sentido de sempre estar na sociedade com olhar crítico e de transformação e saber que as pessoas esperam dele informações e opiniões.

É preciso ler muito e estar preocupado com os fatos
Pré-disposição para ler e acompanhar as notícias é essencial. O jornalista precisa ter uma visão do todo e usar para analisar a sua realidade, além de se preocupar com que acontece em todo o mundo, não só com o seu entorno imediato.

Infelizmente para ser um jornalista você não precisa necessariamente fazer uma faculdade, por isso é freqüentemente vemos pessoas perguntando. “Vale a pena fazer faculdade de Jornalismo mesmo sem a obrigatoriedade do diploma?”, e eu te respondo, pra mim fale, porque você pode ser um jornalista sem o diploma, mas você também precisa ter conhecimento sobre a sua profissão. Para mim o que importa mesmo é ter bastante conhecimento na área que você quer seguir, seja ela qual for. Por isso acho que vale muito apena você fazer a faculdade.

Profissões que você pode seguir se fizer essa faculdade.


O jornalista esportivo pode trabalhar na cobertura de eventos e também em veículos midiáticos voltados para esse setor. Ele pode se especializar em uma modalidade e até virar comentarista em partidas.

Criação: elaborar roteiros e programas, vinhetas e chamadas de programas para rádio e TV;

Coordenação de programação: organizar a grade de programação da emissora, determinando os programas que serão produzidos e os horários que entrarão no ar, segundo critérios comerciais e de audiência;

Edição: selecionar sons, imagens e textos que farão parte de cada programa radiofônico ou televisivo;

Gestão: administrar o funcionamento de empresas do setor ou de áreas específicas, como comercial, financeira, marketing, além de gerir dados, como os de audiência;

Produção: providenciar a infraestrutura necessária para que o programa seja realizado e transmitido, preparando entrevistados, providenciando material de apoio, cuidando de cenários e equipamentos e solicitando o suporte técnico e logístico para as gravações;

Roteiro: escrever narrativas e diálogos para novelas, minisséries ou filmes. Preparar blocos de programas em emissoras de rádio e TV;

Se você ficou curiosa ou curioso para saber se Jornalismo é a faculdade certa para você clique aqui e faça um teste vocacional, isso me ajudou muuuuuito espero que ajude você.